Eleições 2016 – Ministério Público de SP pede cassação da candidatura de João Doria


Promotor também pede inelegibilidade de Geraldo Alckmin por abuso do poder político

psdbcassacaochapaeleicoes-2016brasilcrime-eleitoralsao-paulojoao-doriacodogo-eleitoralministerio-publicogeraldo-alckminblog-do-mesquita

Uma das alegações contra Doria é a participação do governador Geraldo Alckmin em campanha antes de convenção do partido.

O Ministério Público de São Paulo entrou com ação contra a chapa do candidato à prefeitura de São Paulo, João Doria (PSDB), e seu vice, Bruno Covas (PSDB).

O promotor José Carlos Bonilha fez na noite desta segunda-feira (26) um pedido de cassação da coligação e de inelegibilidade do governador Geraldo Alckmin por abuso do poder político à Justiça Eleitoral.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Segundo a denúncia, o governador exonerou a secretária de Meio Ambiente, professora Patrícia Iglecias, e nomeou Ricardo de Aquino Salles, ligado ao Partido Progressista. Em troca, a chapa de Doria recebeu apoio do PP, aumentando em 25% o tempo no horário gratuito de rádio e televisão.


Você pode se interessar também sobre: Nelson Mota: os golpistas fracassaram


“Na nossa avaliação, isso caracterizou um desvio de finalidade. A secretaria foi dada procurando atender interesse político-partidário, e não de acordo com o interesse público”, disse Bonilha.

Outro ponto levantado pelo promotor foi a participação do governador na campanha de Doria quando o candidato anda não havia sido escolhido na convenção do PSDB. “O Alckmim saiu com ele visitando comunidades aqui em São Paulo, especialmente Paraisópolis, se deixando fotografar, interagindo com a comunidade. Portanto, fazendo ato de campanha. O governador, como chefe do Executivo, tem que manter neutralidade em relação aos concorrentes”, disse.

O terceiro problema apontado pelo promotor foi a utilização do slogan “Acelera São Paulo”, marca do governo estadual de um programa da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, que gera emprego e renda.

Nome de uma marca

“Esse slogan foi apropriado pela coligação e não é possível que a coligação tenho o nome de uma marca, um símbolo, uma imagem ou um slogan de um ente público. A lei eleitoral proíbe expressamente. Isso é crime eleitoral”, declarou. De acordo com o promotor, se a ação for julgada procedente, mesmo após uma eventual vitória de Doria, o seu diploma poderá ser cassado.

Em nota, a assessoria de imprensa do candidato João Doria informou que ainda não foi notificada. “Pelo que se extrai das notícias, as razões do ilustre promotor, reveladas a poucos dias da eleição, são frágeis e carecem dos mínimos elementos probatórios. Parte-se de uma premissa equivocada e sem respaldo legal que pretende impedir que o candidato João Doria receba apoio de partidos e de lideranças políticas. Certamente será arquivada, como todas as demais anteriormente divulgadas aos jornais e posteriormente arquivadas pela Justiça Eleitoral”, disse a assessoria de imprensa.

O governo do estado informou, em nota, que tomou conhecimento da ação pela imprensa, “menos de uma semana depois do pedido de esclarecimento que foi encaminhado pelo Procurador Geral de Justiça com o mesmo propósito. Os esclarecimentos que o governo estadual encaminhará serão suficientes para demonstrar a improcedência da referida ação judicial”, diz a nota.

Postado na categoria: Brasil, Direito, Política - Palavras chave: , , , , , , , , , ,

Leia também:

Lava Jato: Delator afirma que diretor da UTC repassou R$ 300 mil a Aécio Neves
Lava Jato: Delator afirma que diretor da UTC repassou R$ 300 mil a Aécio Neves

Suposto entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha envolveu o nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF)...

December 31, 2015, 10:35 am
Marco Regulatório da Mineração: Um crime contra o povo brasileiro
Marco Regulatório da Mineração: Um crime contra o povo brasileiro

O povo brasileiro não vai aceitar esta vergonha do Marco Regulatório de Mineração, que é a espoliação das nossas reservas minerais, a criação da reserva de mercado para os grandes...

December 31, 2013, 10:11 am
Venda de governabilidade a Bolsonaro ou Haddad
Venda de governabilidade a Bolsonaro ou Haddad

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress   ELES VÃO VENDER GOVERNABILIDADE A BOLSONARO OU HADDAD   OS NOVOS REIS DO BAIXO CLERO  JAMAIS HOUVE TANTOS partidos com assento na Câmara dos Deputados como a...

October 18, 2018, 11:19 am
Brasil - Da série
Brasil - Da série "só dói quando eu rio"

Piada usado como exemplo em uma universidade - Maryland,Usa - para criticar o serviço público brasileiro. Porém, que já passou pelo serviço público de lá, imigração, principalmente, sabe que não é muito...

October 29, 2007, 1:27 pm
Presidente do STF: Cassação deve ser cumprida
Presidente do STF: Cassação deve ser cumprida

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, disse nesta terça (3) que a decisão do tribunal de determinar a cassação imediata do mandato do senador Expedito Júnior...

November 4, 2009, 10:32 am
Mensalão do DEM é uma bomba relógio
Mensalão do DEM é uma bomba relógio

O escândalo do mensalão de Brasília parece longe de refluir, apesar da boa vontade da Câmara Legislativa para com o governador José Roberto Arruda. São capazes de assustar o país...

January 30, 2010, 10:25 am