1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Eleições 2010: Racista do Twitter é alvo de representação criminal pela OAB


A estudante paulistas de Direito, Mayara Petruso - Racista do Twitter

Universitária de SP que iniciou ofensas deverá responder por crime de racismo

A seção Pernambuco da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) entra hoje, na Justiça de São Paulo, com representação criminal contra a onda de ataques aos nordestinos divulgada por meio do Twitter após a eleição de Dilma Rousseff.

No domingo à noite, usuários da rede de microblogs começaram a postar mensagens ofensivas ao Nordeste, relacionando o resultado à boa votação de Dilma na região.

A representação da OAB-PE é contra a estudante de Direito Mayara Petruso, de São Paulo, uma das que teriam iniciado os ataques.

Segundo o presidente da OAB-PE, Henrique Mariano, Mayara deverá responder por crime de racismo (pena de dois a cinco anos de prisão, mais multa) e incitação pública de prática de crime (cuja pena é detenção de três a seis meses, ou multa), no caso, homicídio.

Entre as mensagens postadas pela universitária, há frases como: “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!”.

– São mensagens absolutamente preconceituosas. Além disso, é inadmissível que uma estudante de Direito tenha atitudes contrárias à função social da sua profissão.

Como alguém com esse comportamento vai se tornar um profissional que precisa defender a Justiça e os direitos humanos? — diz Mariano.

Em julho deste ano, a seção pernambucana da Ordem já havia prestado queixa à Polícia Federal contra pelo menos dez usuários do Twitter, por mensagens ofensivas aos nordestinos após as enchentes na região.

– Essas redes sociais são meios de comunicação de alcance nacional, e crimes que ocorram nelas são de ordem federal.

São ofensas que atingem a todos os nordestinos, existe um direito difuso aí sendo desrespeitado — completa Mariano, para quem o nível agressivo da campanha pela internet este ano, apesar de não justificar os ataques, pode tê-los estimulado.

No domingo, usuários do Twitter insatisfeitos com a vitória de Dilma começaram a postar frases como “Tinham que separar o Nordeste e os bolsas vadio do Brasil” e “Construindo câmara de gás no Nordeste matando geral”.

Como reação, outros usuários passaram a gerar uma onda de mensagens com “#orgulhodesernordestino”, hashtag que ficou entre os primeiros lugares no ranking mundial de temas mais citados no Twitter.

Alessandra Duarte/O Globo

Termos: , , , , , , , , , , , , , , , ,
Trackback

Apenas 1 Comentário até o momento. Faça o seu também!

  1. É completamente compreensível a polêmica gerada pelos comentários infelizes dessa ignóbil estudante de direito. Repito aqui o predicativo “estudante de direito”, pois isso é muito importante. Temos de nos despertar para esses potenciais profissionais que surgem no mundo, principalmente em nosso país. Pessoas desqualificadas, tanto moralmente como em sua formação profissional. Infelizmente um curso superior não as modificará em nada. Será apenas um diploma… O DIREITO deveria ser um dos pilares do Estado Social de Direito e essa pessoa aí, simplesmente, numa declaração infeliz, vomita toda a merda que norteou a sua formação humanística.

    Não adianta gastar palavras para descrever tanta bobagem dessa infeliz.

    Aguardamos mesmo que a justiça dê uma punição a esse ser (que cumpra a punição dentro do nosso modelo – do SOCIAL ESTADO DE DIREITO), que simplesmente não conseguiu dissimular sua tão baixa auto estima, despeito e insegurança social ao fazer os seus comentários.

Preencha os dados abaixo e faça seu comentário!

*