Economia brasileira – Brasil empresta US$ 10 bi ao FMI


fmi-foto-logotipo-brasil-credor-2009

Quem viveu viu, Brasil credor do FMI, eu estou vendo!!!!

Anúncio foi feito pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.
Brasil vai adquirir bônus do Fundo Monetário, informou ele.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou nesta quarta-feira (10) que o Brasil emprestará US$ 10 bilhões ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e, com isso, voltará a ser credor da instituição de crédito internacional, algo que não acontecia desde 1982. Os financiamentos ao FMI serão feitos por meio da compra de bônus (uma forma de título) do Fundo, informou Mantega.

Ajuda à comunidade internacional
De acordo com Mantega, os recursos serão emprestados pelo FMI a outros países em desenvolvimento com “escassez de capital“. “É a primeira vez que isso acontece no caso brasileiro. O Brasil está encontrando as condições de solidez para emprestar recursos ao FMI. No passado, era o contrário: o FMI que socorria o Brasil quando era um país menos sólido. Agora, o Brasil acumulou as reservas para ajudar a comunidade internacional”, disse o ministro.


Você pode se interessar também sobre: STF estréia medida que agiliza pauta de julgamentos


Aplicação das reservas
Segundo o ministro da Fazenda, a operação será realizada assim que o FMI concluir o formato de emissão dos novos bônus que serão emitidos. “Assim que o FMI terminar essses bônus, faremos esse aporte de US$ 10 bilhões. Na realidade, é uma aplicação que o Brasil está fazendo com parte das reservas”, disse Mantega. De acordo com ele, as aplicações no FMI não terão impacto nas reservas internacionais, que continuarão sendo contabilizados como uma “disponbilidade de recursos”.

Rendimento
Mantega não informou qual o rendimento que o Fundo Monetário Internacional oferecerá pelos bônus. “Não vamos esperar um grande rendimento, se não o FMI teria de repassar a um custo mais elevado aos países que precisam”, disse o ministro. Segundo ele, o Banco Central efetuará o resgate de parte das aplicações das reservas internacionais (que estão acima de US$ 200 bilhões aplicadas em títulos de outros países) para fazer o aporte ao FMI.

Mobilização de recursos
O Ministério da Fazenda informou que a contribuição do governo brasileiro para o FMI faz parte de um “esforço” para a mobilização de recursos para o FMI atender a outros países em dificuldades. Além do Brasil, a China comprará US$ 50 bilhões neste tipo de novo bônus, e a Rússia outros US$ 10 bilhões. A necessidade de captação de recursos por parte do FMI, de acordo com o Ministério da Fazenda, é de US$ 500 bilhões. em relação aos níveis anteiores à crise financeira. O governo lembra que essa foi uma das concordâncias da cúpula do G-20 de Londres, realizada no início de abril.

do G1

Postado na categoria: Brasil, Comportamento, Economia, Política - Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

Eleições 2010: Ideli Salvatti,José Agripino,Garibaldi Alves,Raimundo Colombo e o bloco da desfaçatez
Eleições 2010: Ideli Salvatti,José Agripino,Garibaldi Alves,Raimundo Colombo e o bloco da desfaçatez

Brasil: da série só dói quando eu rio"! Bem sei que a lista apresentada no título é mínima. Fosse para citar todos, o espaço do post seria pequeno. Então, peguei...

July 13, 2010, 10:20 am
Mordomias de senadores são reveladas e cifras milionárias impressionam
Mordomias de senadores são reveladas e cifras milionárias impressionam

De combustível à passagem de avião. Gastos de congressistas são altos. Senadores acompanham votação - Foto/Agência Senado Quanto custa para manter a política brasileira? Essa pergunta sempre é feita e...

October 8, 2016, 10:10 am
A implacável Justiça subjetiva do Brasil
A implacável Justiça subjetiva do Brasil

Pesquisa mostra que 90% da população considera Judiciário pouco ou nada confiável Limpeza no edifício do STF U.DETTMAR STF Já se vai mais de um mês da prisão do ex-presidente Lula, peça central na luta...

May 20, 2018, 11:20 am
Internet: invasão dos emails de Dilma Rousseff será investigada pela Polícia Federal
Internet: invasão dos emails de Dilma Rousseff será investigada pela Polícia Federal

O Brasil, especialmente as instituições públicas, está pagando um alto preço pela falta de uma Política Nacional de Segurança para Internet. Falta o básico como meras recomendações e dicas sobre como...

July 2, 2011, 10:05 am
Ministro Joaquim Barbosa - Perfil do 1º negro no STF
Ministro Joaquim Barbosa - Perfil do 1º negro no STF

Joaquim Benedito Barbosa Gomes, 54, foi o primeiro negro a tomar posse como ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), em junho de 2003. O magistrado é dos sete atuais integrantes...

April 23, 2009, 5:25 pm
Justiça: Um tapa na cara do Ministério Público
Justiça: Um tapa na cara do Ministério Público

A imprópria presença de membros do Ministério Público na política partidária não passou despercebida pelo constituinte brasileiro. Era fundamental, na nova carta-cidadã, dar à instituição do MP independência e autonomia....

April 16, 2012, 10:14 am