loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Insetos estão desaparecendo, com efeitos catastróficos domingo, 17 de fevereiro de 2019

Estudo afirma que insetos podem desaparecer em um século se ritmo atual de declínio se mantiver, com consequências catastróficas para os ecossistemas. Agricultura intensiva e uso de pesticidas são principais causas. O estudo afirma que a maior causa do desaparecimento das espécies de insetos é a agricultura intensiva. Mais de 40% das espécies de insetos em todo o mundo poderão estar extintas nas próximas décadas, e outro terço delas estão ameaçadas, revelou a primeira análise científica global sobre o tema….

Por que há cada vez mais moscas e baratas e menos borboletas e abelhas sábado, 16 de fevereiro de 2019

Direito de imagemGETTY IMAGESA população de diversas espécies de borboletas está em declínio, além de abelhas e libélulas  Uma nova análise científica sobre o número de insetos no mundo sugere que 40% das espécies estão experimentando uma “dramática taxa de declínio” e podem desaparecer. Entre elas, abelhas, formigas e besouros, que estão desaparecendo oito vezes mais rápido que espécies de mamíferos, pássaros e répteis. Já outras espécies, como moscas domésticas e baratas, devem crescer em número. Vários outros estudos realizados…

Indígenas das Américas se unem contra mudanças climáticas sábado, 2 de fevereiro de 2019

Indígenas latinoamericanos em encontro organizado pela tribo yurok na Califórnia Recuperação de rio e manejo sustentável de florestas são prioridades para povo yurok, maior etnia da Califórnia. Em parceria com líderes da América Latina, eles buscam protagonismo no combate às mudanças climáticas. Em plena temporada de pesca de salmão no rio Klamath, quase não se vê barco do povo yurok em busca do peixe. Nativos dos Estados Unidos, eles são a maior etnia indígena da Califórnia, com 6 mil membros,…

Lama de Brumadinho deve chegar ao rio São Francisco em até três semanas sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Foto: Isaac Nóbrega/PR. O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) publicou um boletim de monitoramento nesta segunda-feira (28) em que afirma que a lama de rejeitos da Vale, que rompeu em Brumadinho (MG) na última sexta-feira (25), deverá chegar à hidrelétrica de Três Marias, no rio São Francisco, a partir do dia 15 de fevereiro. Segundo o boletim, a lama se desloca a uma velocidade de um quilômetro por hora. Há três dias, a lama cobre de barro o que vê…

“Rejeitos da barragem da Vale chegarão ao Rio São Francisco de qualquer forma”, afirma especialista segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

A tragédia em Brumadinho deixou vítimas que ainda não podem ser contabilizadas e várias casas soterradas, além de causar danos ambientais incalculáveis com a destruição da fauna e da flora por onde a lama contaminada passa Os rejeitos de minério de ferro da Barragem 1 da Mina Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais, “chegarão até a Bacia do Rio São Francisco de qualquer forma”. A afirmação foi dada pelo geólogo e professor doutor em Geografia Física da Universidade Federal do Ceará (UFC), Jeovah Meireles,…

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil