O nascimento do prazer Clarice Lispector¹ O prazer nascendo dói tanto no peito que se prefere sentir a habituada dor ao insólito prazer. A alegria verdadeira não tem explicação possível, não tem a possibilidade de ser compreendida – e se parece com o início de uma perdição irrecuperável. Esse fundir-se total é insuportavelmente bom – […]

, , , ,

Administrar nossas esperanças e perspectivas diante da vida pode ser uma boa forma de lidar com as frustracões que invariavelmente vão surgir em nosso caminho Existe uma lição universal: nem tudo na vida acontece da maneira como queremos ou desejamos. Alguns aprendem isso no dia a dia, vendo que o trânsito não vai andar só […]

, , , ,

Em entrevista sobre seu novo livro, especialista analisa teorias que questionam autoria das peças do dramaturgo James Shapiro, autor de ‘Contested Will: Who Wrote Shakespeare?’ O que poderia unir figuras tão díspares quanto Mark Twain, Sigmund Freud, Orson Welles e Malcolm X? A convicção de que William Shakespeare não é o autor da obra de […]

, , , , , , , , ,

Descoberta do amor Clarice Lispector ¹ “[…] Quando criança, e depois adolescente, fui precoce em muitas coisas. Em sentir um ambiente, por exemplo, em apreender a atmosfera íntima de uma pessoa. Por outro lado, longe de precoce, estava em incrível atraso em relação a outras coisas importantes. Continuo, aliás, atrasada em muitos terrenos. Nada posso […]

, , , ,

“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não: quero é uma verdade inventada.” Clarice Lispector Tweet

, , ,

Desperta-me de noite Maria Teresa Horta ¹ Desperta-me de noite O teu desejo Na vaga dos teus dedos Com que vergas O sono em que me deito É rede a tua língua Em sua teia É vicio as palavras Com que falas A trégua A entrega O disfarce E lembras os meus ombros Docemente Na […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Prosa na tarde – Clarice Lispector

Esperança Clarice Lispector ¹ Custei um pouco a compreender o que estava vendo. Estava vendo um inseto pousado, verde, de pernas altas. Era uma “esperança” verde, o que sempre me disseram que é de bom angúrio. Depois a esperança começou a andar bem de leve sobre o colchão. Era verde-claro, com pernas que mantinham seu […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Clarice Lispector – Prosa na tarde

O Nascimento do prazer – extrato Clarice Lispector ¹ “O prazer nascendo dói tanto no peito que se prefere sentir a habituada dor ao insólito prazer. A alegria verdadeira não tem explicação possível, não tem a possibilidade de ser compreendida – e se parece com o início de uma perdição irrecuperável. Esse fundir-se total é […]

, , , ,

Temperamento impulsivo Clarice Lispector ¹ “Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever? Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente. O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Clarice Lispector – Prosa na tarde

Clarice Lispector ¹ Meu Deus, me dê a coragem de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites, todos vazios de Tua presença. Me dê a coragem de considerar esse vazio como uma plenitude. Faça com que eu seja a Tua amante humilde, entrelaçada em Ti em êxtase. Faça com que eu possa falar […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sticky:

“Quanto mais o homem fala de si mais deixa de ser ele mesmo. Mas deixe que se esconda por trás de uma máscara e então ele contará a verdade.” Oscar Wilde Oscar Fingall O’Flahertie Wills Wilde * Londres, Inglaterra – 16 Outubro 1854 d.C + Londres, Inglaterra – 30 Novembro 1900 d.C >>> biografia Tweet

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sticky:

“O egoísmo não consiste em vivermos conforme os nossos desejos, mas sim em exigirmos que os outros vivam da mesma forma que nós gostaríamos. O altruísmo em deixarmos todo mundo viver do jeito que bem quiser.” Oscar Wilde >> biografia Tweet

, , ,
12