1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

51 anos sem Constituição soberana, ditadura da Globo e outras mídias continua

Completamos 51 anos sem uma Constituição Soberana fruto de uma Assembléia Nacional Constituinte Soberana e Independente elaborada apenas por Constituintes preparados e não por políticos e partidos ou deputados e senadores como foi a atual congressual e golpista.

Constituição Federal,Blog do Mesquita

Numa Constituinte Soberana e Independente o povo elege constituintes somente para elaborar a nova Constituição e depois convoca-se eleições gerais e ela é dissolvida (sem político profissional e vigarista no meio e apenas cidadãos de bem).

Mas logo após o afastamento dos militares articulado pelas mesmas elites que articularam o golpe de 64 depondo Jango da linha do trabalhismo e de Getúlio Vargas e Brizola, engavetaram as eleições diretas e uma Constituinte Soberana e Independente.

Fabricaram o colégio eleitoral e elegeram Tancredo mas este morreu muito antes da sua posse e cinicamente foram em frente e deram posse ao vice, Sarney, presidente da Arena, o partido do regime militar, sem que o titular tivesse tomado posse, em mais um golpe contra a democracia.

E quem comandou todo o processo desde o regime militar senão a Globo e as mídias atuais todas fazendo enorme lavagem cerebral no povo levando todos a acreditarem que de fato tínhamos entrado na democracia…para inglês ver apenas.

A choradeira durante a doença e morte e enterro do Tancredo foi a prova da manipulação para tapear ou iludir os brasileiros quanto as armações golpistas sendo preparadas a cada etapa desde que os militares foram botinados pelas elites corruptas de 515 anos no poder, e suas mídias amestradas.

E botinaram os militares devido ao nacionalismo e maior respeito pela legislação trabalhista e queriam a farra ou zona que tem ocorrido nos últimos trinta anos com enorme rotatividade da mão de obra, terceirização, privatização, e agora tentam até regular a terceirização acabando de detonar a CLT trabalhista de Getúlio Vargas, Jango e Brizola.

Em seguida tiraram outro coelho da cartola e bolaram a famigerada constituinte congressual a ser rascunhada por deputados e senadores e não por Constituintes Soberanos e Independentes ou sem deixar o Congresso que vinha desde o regime militar controlando tudo e dando continuidade ao mesmo regime.

Significa que praticamente os mesmos do congresso do regime militar continuaram o mesmo regime rascunhando a constituição atual enquanto deputados e senadores ou legisladores ordinários, das leis comuns.

A função do legislativo ou do Congresso com deputados e senadores seria apenas legislar as leis comuns, ordinárias, abaixo da lei maior que é a Constituição, o norte, o rumo, a bússola da nação, a carta ou lei maior, mas eles enquanto legislavam ordinariamente também deram uma de constituintes e rascunharam a lei maior e acima de todas, misturando alhos com bugalhos gerando a enorme e grave crise atual.

Como puderam elaborarem ao mesmo tempo a lei maior e acima de todas e as leis comuns ou ordinárias, abaixo da Constituição, na maior cara de pau?

Quem deveria ter elaborado a lei maior ou Constituição seria apenas os Constituintes Soberanos e Independentes eleitos para elaborarem a lei maior e acima das demais, acima dos legisladores ordinários ou do Congresso.

E deputados e senadores desta constituinte congressual foram eleitos na esteira do sucesso popular do plano cruzado do governo Sarney, congelando os preços, mas que durou somente mais seis dias após as eleições em mais um golpe contra o povo e a democracia, e as eleição deveria ter sido anuladas pois foi uma farsa ou fraude.

E tais armações golpistas e picaretas somente foram possíveis graças as elites corruptas e a Globo e as mídias traindo a nação e a democracia.

As elites corruptas dispensaram os militares, os tanques, depois que não precisavam mais deles, pois já tinham a GLOBO e as mídias adestradas.

E rascunharam a constituição atual pensando somente neles mesmos, nos políticos e partidos, dando-se poderes para tudo, inclusive atribuindo-se salários, mordomias mil, aposentadorias, etc, como se fossem funcionários públicos, quando não passavam de meros representantes do povo.

E pior ainda chegaram ao cúmulo de se darem poderes até para derrubarem presidentes eleitos pelo povo violando a regra básica da república quanto a inter dependência entre os 3 poderes, executivo, legislativo e judiciário, que devem funcionar harmonicamente mas de forma independente ou sem estarem subordinados a um outro poder da república.

Com a constituição congressual atual significa que o legislativo colocou uma faca no pescoço do executivo como forma de fatiar, queimar, ameaçar, e até derrubar, se não abrir os cofres para os políticos do Congresso como foi o caso de Collor e agora da Dilma.

E mais uma vez a Globo e as mídias em geral fizeram lavagem cerebral no povo e foram coniventes com tais ações golpistas traindo a nação e a democracia.

 

Deixaram armados o dispositivo golpista para ser usado pelas mesmas elites corruptas no poder desde 64 ou desde sempre, e usaram para depor Collor somente para evitar que Brizola fosse o próximo presidente do Brasil, como teria sido, não fosse o golpe.

Depois das trapalhadas do plano Collor este fez acordo com Brizola para apoiá-lo na próxima eleição, querendo resgatar a imagem do trabalhismo do seu avô que foi ministro de Getúlio e seu nome consta inclusive da CLT atual, rompendo o isolamento de Brizola desde a volta do exílio e soltando dinheiro para a despoluição da baia da Guanabara, a construção da linha vermelha e assumiu a escola de tempo integral, o CIEPS, de Darcy Ribeiro e Brizola, a nível nacional.

Brizola sofria ataques cerrados da Globo e das mídias e era isolado pelos governos federais e os militares que lhe negaram até a sigla do velho PTB de Getúlio, Jango e Brizola, razão porque teve que criar o PDT que depois da sua morte desfigurou-se completamente, traindo Brizola e o trabalhismo histórico.

Não tinha como Brizola não ser eleito e Collor estava na metade do mandato que era ainda de 4 anos ou antes de FHC ter comprado a reeleição e torrado as empresas públicas nas privatizações ou privataria ou o maior desvio do dinheiro público já´visto na história mas abafado pelas mesmas elites e suas mídias e pela Globo.

Ainda assim o golpe somente foi possível graças a cumplicidade do PT e da esquerda brotada no asfalto do ABC e cuspindo na história ou em GETÚLIO VARGAS, JANGO E BRIZOLA e no trabalhismo.

Os dois lados golpistas traindo a nação e a democracia eram sociais democratas, ou ex-comunistas e socialistas…

FHC e o PSDB, e o PT e cia, e passaram a dividir o poder desde o golpe há 21 anos…

Embora fiquem aparentando serem diferentes ou um oposição ao outro, conquanto o PSDB certamente acabou tomando um rumo de extrema direita golpista ou neo liberal claro desde que chegou ao poder, traindo o povo e a democracia, graças a GLOBO e as mídias em geral.

E o PT tomou o rumo de direita quando chegou ao poder….

A GLOBO e as mídias das elites corruptas no poder desde o golpe de 64 fizeram o mesmo barulho que fazem agora para derrubar DILMA acusando COLLOR disto e daquilo, até de ler louco e cheirador de cocaína, mas COLLOR foi absorvido depois pelo STF por falta de provas…

Quando deveria ter sido reconduzido ao cargo e os que o acusaram sem provas serem punidos, incluindo a GLOBO e as mídias golpistas, inclusive com o fechamento.

Em 12 anos no poder o PT, embora se diga partidos dos trabalhadores, sequer mudou alguma coisa na estrutura sindical como comentamos em outro texto na Tribuna de Imprensa Online:

SINDICATOS, ENTIDADES DE CLASSE, VÁRIAS ONGS, ASSOCIAÇÕES E ATÉ PARTIDOS FUNCIONAM COMO IGREJAS… SEM DEMOCRACIA

Em resumo ainda não temos democracia efetiva e a ditadura ou o mesmo regime continua intacto há 51 anos graças a GLOBO e as mídias golpistas das mesmas elites corruptas de sempre traindo a nação e a democracia.

O único caminho a seguir em meio ao atoleiro social democrata em que entramos nos últimos 21 anos seria fechar todos os legislativos, inclusive este Congresso golpista, e convocar uma ASSEMBLÉIA NACIONAL CONSTITUINTE SOBERANA E INDEPENDENTE, para elaborar uma nova Constituição legitima e democrática de fato.

Mas sem permitir que político ou partido algum do regime atual participe e isto dos últimos 20, 30 ou 50 anos, senão melariam tudo novamente.

E não deixar participar ninguém que tenha sido vereador, prefeito, deputado estadual, governador, deputado federal, senador e presidente.

Em resumo os candidatos a disputarem a eleição constituinte seriam independentes de partidos, e sem rádio e tv e sem dinheiro público ou privado, e gente preparada para este trabalho de elaborar uma nova constituição, talvez até exigindo curso superior ou então das áreas jurídicas.

Não convém vacilar ou brincar com algo sério e deixar qualquer um ser eleito para importante missão e acabar avacalhando como aconteceu quando rascunharam a constituição atual com o poder do dinheiro e cobertura da GLOBO e das mídias das elites corruptas desde sempre há 51 anos ou 515 anos.
João Luiz Garrucino/Tribuna da Imprensa

Termos: , , , , , , , , ,
Trackback

Nenhum Comentário até o momento. Faça o seu também!

Preencha os dados abaixo e faça seu comentário!

*